Ecowood – Vinílico

www.ihousedesign.com.br

Muitas são as novidades do mercado em pisos vinílicos.

Eles são produzidos com plástico reciclável de tecnologia moderna para não agredir o ambiente e, ao mesmo tempo, proporcionar um espaço aconchegante e prático.Oferecem grande economia de custo em relação aos modelos de pisos frios e em madeira maciça.

Além de valorizar os ambientes, nunca saem de moda e são fáceis de combinar com a mobília e com outros detalhes. E são ecologicamente corretos.

É possível utilizar o vinílico em áreas como cozinhas, por exemplo, pois é impermeável. Também pode ser lavado e não mancha com líquidos. Por ter uma camada de isolamento acústico e isolante térmico, evita o barulho.

A instalação é super simples, limpa e não gera resíduos e entulhos, já que pode ser aplicado sobre pisos pré-existentes. Basta ter as bases regularizadas.

A linha Ambienta Rústico da Fademac reproduz a madeira tanto na cor como nos veios e nós. As réguas podem ser colocadas sobre o contrapiso liso, limpo e livre de umidade.

Elas têm 3mm de espessura, medidas de 18.4 x 95cm e 17.8 x1.22cm e são apresentadas em 11 tons diferentes.

As linhas Eucafloor da Eucatex e a Interwood da Interfloor também oferecem opções de ótima qualidade e com acabamentos muito bacanas.

Vale a pena conhecer!

Um beijo

Bianca

piso-vinilico-support-1

Monochome-wall-dining-room-modern-25-Beautiful-Homes

www.designmena.com

Eco Wood 2480www.waltec.com.hk

 

Postado em:Reforma e Construção
0 Comentários

Adesivos para azulejos

Se você mora de aluguel e quer dar o seu toque aos espaços sem gastar muito, ou se você gosta de mudar sempre as cores e a decoração de banheiros e cozinhas, uma dica é usar adesivos para azulejos.

Muito práticos, com eles você pode decorar uma parede inteira, salpicar por todo o espaço, ou usar adesivos desenhados ou apenas lisos com cores fortes formando degrades…

Esta é sem dúvida a solução para aqueles que  não querem enfrentar o quebra quebra de uma obra, mas gostam de  mudança no visual sem gastar muito. Boa ideia. Experimente e inspire-se nessas fotos.

Um beijo

Bianca

Postado em:Decoração e Bem-estar, Dicas úteis
0 Comentários

Ilhas na cozinha

As ilhas nas cozinhas são um segundo apoio para a funcionalidade do espaço.

Como uma segunda bancada, elas as  vezes são usadas também  como mesa para uma refeição rápida.

São instaladas no centro da cozinha, ou às vezes, são posicionadas de forma a delimitar o espaço de cozinhas abertas  e devem  ter um distanciamento de pelo menos 100cm a sua volta para  a boa abertura das portas de todos os armários e circulação. A altura ideal é igual a das outras bancadas (92cm).

Nestas ilhas, também pode haver gavetas e armários aumentando assim os espaços para armazenamento e organização.  Geralmente usadas em cozinhas  maiores, elas otimizam e aumentam a funcionalidade do ambiente.

Quando fogões são instalados em ilhas, lembre-se de que as coifas também devem ser próprias para serem instaladas no centro da cozinha (e não encostadas em uma parede) e ainda, que é necessário prever sua alimentação elétrica acima do forro, assim como espaço para o duto de exaustão correr.

Para certos tipos de instalação, conte com os profissionais associados ao Seguro Residencial SulAmérica, que oferece uma série de serviços para casa sem custo extra (clique aqui para saber todas as características  e vantagens do seguro)

Um beijo

Bianca

 

Postado em:Dicas úteis
0 Comentários

Granito é opção certeira para piso e bancada na cozinha. Saiba o porquê!

Antes de começar a obra de uma cozinha, é importante ter um bom projeto, e saber quais os revestimentos pretende usar no piso e nas bancadas.

Existem inúmeras opções, mas quando se pensa em custo/benefício, a escolha sempre recai no granito. Ele é mais resistente que o mármore, mais barato que o corian e o silestone e é muito fácil de manter. Também tem uma fácil manutenção, e são pequenos os cuidados que se deve ter para conservá-lo.

No Brasil, temos uma grande variedade de tipos e cores para escolher. Os mais indicados pela resistência são, em geral, os mais escuros: os VERDES e PRETOS (Ubatuba e São Gabriel), os MARRONS (Café Imperial, Bordeaux, Tabaco, e Marrom São Paulo) e os VERMELHOS (Bragança, Amêndoa Capri, Vermelho Itaipu e Vermelho Brasília). Além de resistentes, quase nunca mostram qualquer tipo de mancha já que tem cores bem escuras.

Os claros como o Branco Itaúna, Beje Duna, Branco Marfim e branco Polar são também muito procurados por quem deseja uma cozinha em tons claros, mas esses pedem um pouco mais de cuidado, como a impermeabilização anual (dependendo do uso).

Outras boas opções e com preço bom, são os cinza Corumbá e Andorinha que também são bastante usados por terem um visual neutro e discreto, mas atualmente o preto São Gabriel é, sem dúvida, o meu grande preferido!

Mesmo que granitos sejam super resistentes, nunca é demais lembrar que o seguro Residencial SulAmérica possui um serviço de cobertura de Quebra de Vidros, Mármores e Granitos. Trata-se de uma das garantias adicionais do seguro. Quer mais informações? Clique aqui!

Um beijo

Bianca

 

Postado em:Dicas úteis
1 Comentário

Reforma: o antes e depois de uma cozinha de 40 anos

Recentemente, meu escritório de arquitetura, Asenne, finalizou a reforma de um apartamento de 40 anos no bairro do Itaim em São Paulo.

Não sobrou nada do apartamento que estava super mal conservado.

A cozinha, apesar de grande, era mal aproveitada. Ela foi totalmente reformulada e aberta para a sala de jantar, onde foram colocados três painéis de correr de madeira laqueada e vidro.

A porta que dá para a área de serviço também foi reposicionada.

No piso da cozinha, usamos placas cimenticias da Solarium.

No tampo, bancada, bases e rodapés usamos o granito São Gabriel levigado e as paredes foram pintadas com tinta acrílica acetinada.

Os armários são da marcenaria Versatile e as luminárias são da Reka.

Vejam nas fotos a diferença que fez!

Um beijo

Bianca

ANTES

DEPOIS

Postado em:Dicas úteis
3 Comentários