Acabamento levigado em mármores e granitos

Se você cansou do tradicional visual polido da sua bancada ou piso de pedra, que tal dar um tratamento para ele ficar fosco e com a cor mais “pastel”?

É super fácil e muda bastante a aparência da pedra. Basta contratar uma empresa que faz restauro e impermeabilização de pedras (como é o caso da Polistone, com quem costumo trabalhar: www.polistone.com.br)

Mármores brilhantes e de cores vivas passam a ter um visual mais opaco e neutro após serem lixados com a máquina e a lixa apropriadas. O acabamento levigado é um tipo de acabamento “semi polido”.

Depois desse tratamento, o material deve ser impermeabilizado (acabamentos levigados são mais sujeitos a manchas).

O mármore travertino, por exemplo, é um material que uso bastante nos meus clientes por ter um custo bom e por ser bem resistente em áreas internas, mas o acabamento polido nesse material, realça o seu tom bege meio amarelado que eu não gosto tanto… Prefiro o acabamento levigado, que fica mais esbranquiçado e neutro. (Vejam também o post sobre Travertino Levigado).

Recentemente, também usei o granito Preto São Gabriel levigado em uma lareira. Ficou com um tom cinza escuro e um visual meio rústico que eu adorei!

Um beijo

Bianca

Postado em:Reforma e Construção
0 Comentários

Vidros Brancos: vale a pena investir?

Esse post é para alertar você que quer usar o vidro brando nos móveis da sua casa…

É muito comum usar vidro pintado em portas de guarda-roupas e armários de cozinha, porém, o vidro comum, principalmente o nacional, mesmo que de boa qualidade, tem uma coloração verde (para comprovar isso, basta verificar a cor verde escura no topo do vidro), por isso, quando se pinta o fundo do vidro de branco para se obter um vidro opaco e claro, o resultado é uma cor verde clara, que na minha opinião, não combina com quase nada, fica aquela corzinha de hospital, sabem?? E quanto mais espesso o vidro, mais marcante o verde fica.

Então, para se obter uma coloração realmente branca nos vidros, é necessário usar vidros especiais, conhecidos como ExtraClear, ou UltraWhite (o ExtraClear é importado e é ainda mais branco).

Eles são bem mais caros do que o vidro comum, mas vale a pena gastar com algo que vai combinar com o resto, não é? Ou é preferível nem usar o vidro, mas outro material branco…

Vejam nas fotos a diferença!

Um beijo

Bianca

BRANCO vc VERDE…

QUANDO O VIDRO É BRANCO MESMO…


E QUANDO O VIDRO É VERDE…

Postado em:Dicas úteis
1 Comentário

Passo-a-passo de como colocar rodapés de MDF

O MDF é um material composto de fibras de madeira  muito usado para fazer rodapés por ter uma superfície bem lisa, que facilita o acabamento da pintura.

A colocação destes rodapés é bem simples e pode ser feita em pisos de madeira, laminados, pedras ou cerâmica.

Para o calculo da quantidade (perímetro do ambiente) deve-se sempre acrescentar por volta de 10% para os cortes e possíveis perdas.

Neste trabalho, o acabamento é o mais importante, por isso, cuidado com  os cortes e as emendas. Para ter um bom resultado, os cortes onde vai haver emenda, devem ser feitos em meia-esquadria (45º no topo). Dessa forma, as imperfeições de pisos e paredes serão disfarçados e a chance da emenda “destacar” é bem menor.

Depois de feitos todos os cortes, passe cola branca nas costas do rodapé, cole na parede e ponha alguns preguinhos para ajudar na fixação.

Por último, nivele as emendas e os buraquinhos dos pregos com massa acrílica e depois lixe o excesso. Pinte com esmalte sintético á base de água.

Existem em lojas especializadas, vários tipos de rodapés e várias medidas, mas eu gosto mais dos rodapés altos porque acho que ajudam na composição do espaço e enriquecem o acabamento.

Um beijo

Bianca 

Postado em:Dicas úteis
1 Comentário

Especial piso: quais as diferenças entre acabamento bold e retificado?

Muitas dúvidas surgem quando vamos escolher o melhor piso para a casa. Principalmente porque o melhor muitas vezes não cabe em nosso orçamento… Mas o que não falta no mercado são opções de ótimo custo x benefício.

É mesmo complicado, porque existe muita oferta e alguns diferenciais que influenciam tanto no preço como no resultado final. Um deles é o acabamento da borda das peças, que pode ser bold ou retificado. Esse sempre é um impasse para os clientes da Asenne que não querem gastar muito.

BOLD é a mais comum, que sempre foi o padrão das cerâmicas. O acabamento nesse caso fica arredondado nas bordas e com isso, é necessário que o espaçamento entre as peças seja maior. A continuidade do piso fica um pouco comprometida e o rejuntamento aparece bastante.

Ela é indicada para locais mais rústicos, onde esta característica ajuda a dar ao ambiente exatamente este aspecto.

RETIFICADA é uma a cerâmica que foi cortada por discos de diamante e, por conseqüência, tem suas bordas mais retas e com dimensões mais precisas, o que facilita o total alinhamento e junção das peças diminuindo a necessidade de ter grandes espaçamentos e rejunte.

Com as juntas mais finas, o resultado final é bem mais clean e moderno. O único problema da cerâmica retificada é o preço, que chega a ser até 30% mais caro.

Um beijo
Bianca

Postado em:Reforma e Construção
2 Comentários

Molduras de gesso: um artifício certeiro para acabamentos de teto e piso

No meu escritório – Asenne Arquitetura – usamos muito molduras de gesso em ambientes sem forro e, principalmente, em paredes e tetos de cores diferentes.

Gosto mais das molduras lisas sem detalhes ou frisos que são coladas na parede ou no teto (laje/ forro).

Na verdade, as molduras têm uma função de acabamento muito mais importante do que decorativa. Elas funcionam no teto como os rodapés, e também no piso, melhorando o acabamento de pintura no encontro entre as paredes e as lajes que raramente são perfeitamente retas.

Para evitar aquela linha torta e irregular da emenda das diferentes cores usadas no teto (geralmente branco) e nas paredes, colocamos a moldura e ainda facilitamos muito o trabalho dos pintores!

Dêem uma conferida em algumas das nossas fotos em que aparecem as molduras!

Um beijo
Bianca

Postado em:Dicas úteis
2 Comentários