Da arte de transformar móveis velhinhos

patina06pPensando em o que trazer de interessante e bonito para o blog, e seguindo a sugestão da leitora Delane, decidi escrever esse post (e confesso que já estou com vontade de fazer o próximo com tema parecido) sobre trabalhos em pátina e estonado para renovar móveis já meio sem encanto e recolorir os ambientes.

Acho sempre muito rica a decoração que fazemos com a nossa “assinatura”. Coisas que se criam e se renovam com um toque pessoal, que imprimem a nossa personalidade.

Bom, então vamos lá. Aqui vou dar receitas, modo de fazer e aplicações de alguns tipos de tratamento sobre móveis de madeira. Fica por sua conta escolher qual tem mais a ver com o seu gosto e com suas habilidades.

Tintas,vernizes, lixas e, em alguns casos, removedores, serão necessários para a transformação de seus objetos.

Confira o passo-a-passo:

Pátina: é sem dúvida a preferida entre as técnicas de pintura. Fácil de fazer, ela dá a madeira uma nova aparência. O envelhecimento resulta do uso de duas tintas.

1 – passe lixa nº 60 no móvel até tirar todo o verniz. Limpe com um pano.

2 – passe massa corrida sobre as imperfeições (com espátula). Espere secar.

3 – com a lixa nº 180 retire os excessos e imperfeições. Limpe novamente.

4 – com um rolo, passe tinta látex branca e espere secar.

5 – passe outra mão de tinta. Espere secar.

6 – com o rolo limpo, passe a tinta da cor escolhida sem retirar o excesso.

7 – com a tinta ainda fresca, passe palha de aço sempre no mesmo sentido. Passe firme, porque este trabalho é o que deixará o efeito riscado da pátina mostrando o fundo branco. Deixe secar.

8 – finalmente, passe 2 mãos de verniz fosco.patina-04p1untitled-110

Estonado: traz um efeito rústico, e a sua maior característica é o contraste da tinta branca sobre um fundo escuro. Seu desgaste é feito com espátula ou estilete. É muito indicada para transformar sobretudo móveis de madeira escura.

1 – tire com a lixa nº180 todo o verniz da peça escura.

2 – aplique 3 demãos de tinta látex. Quanto mais tinta, mais fácil será o desgaste. Não esqueça de deixar secar cada demão.

3 – com a espátula ou estilete vá raspando a tinta em locais onde o desgaste natural seria maior (perto dos puxadores e nos cantos).

4 – nivele tudo com lixa nº 220. Concentre-se nos pontos desgastados.

5 – passe cera incolor para finalizar.untitled-36

Pintura chapada: às vezes, apenas a mudança da cor é o suficiente para criar um visual diferente e não menos sofisticado do que o original da peça. Se você quer uma peça de cor chapada, é importante que ela seja bem lixada para não mostrar defeitos.

1 – passe lixa nº 60 no móvel até tirar todo o verniz. Limpe com um pano.

2 – com a lixa nº 180 retire os excessos e imperfeições. Limpe novamente agora com pano úmido.

3 – com um rolo, aplique a primeira mão de esmalte sintético da cor desejada e espere secar de um dia para o outro.

4 – aplique mais duas demãos do esmalte, esperando cada uma delas secar bem para que a tinta não enrugue ou fique grossa. Caso isso aconteça, você terá que lixar a peça novamente.untitled-211

Quem for se aventurar nessas artes, por favor, depois volte aqui pra me contar como foi a experiência?!

Boa sorte!

Um beijo,

Bianca

Postado em:Decoração e Bem-estar, Dicas úteis
13 Comentários

13 Comentários

  1. Élida  •   11:37

    Amei as dicas. Há muito tempo que as procurava. Obrigada!

  2. janaina oliva  •   11:54

    ola meu nome é janaina oliva … tenho 28 anos e ainda moro com meus pais … adoro decoraçao e estou decorando minha casa … faltando somente meu quarto o qual quero somente reciclar hahhaha … por isso meu motivo do contato … alem de querer ser uma profissional da area
    entrem em contato se possivel

  3. renata  •   10:18

    Estou aplicando a técnica de estonado em uma mesinha de centro antiga (era da minha avó), que já estava patinada anteriormente. Está ficando linda!!!!!Obrigada pelas dicas!

  4. Paola  •   12:39

    Olá!

    Adorei a dica da pátina, vou aplicar em uma cômoda antiga. Vai ficar linda! Muito obrigada.

    Beijão

  5. heberard  •   12:10

    Bom dia.
    Gostei muito das irformações que serão de uma ajuda muito grande. Agora eu tenho uma duviva.
    Se eu queiser fazer uma patina em uma cristaleira e dixa-lá na madeira crua(madeira do movel de origem0, como e que eu faço?

  6. Bianca  •   17:35

    Hebe,
    Não entendi.. você quer fazer a pátina, ou quer voltar com a madeira original?
    beijos
    Bianca

  7. Lena  •   16:41

    eu vejo o seu trabalho sempre e acho tudo maravilhoso,gostaria de reformar o quarto da minha filha,so que nao e grande ele e dois por dois.gostaria que me desse uma dica de uma cama,cor de parede tem um rol cor de parede e um banheiro muito pequeno,era uma dependencia de empregada.ela gosta de rosa,branco e lilas.tudo muito delicado.bjhs e perdao pelos erros do mail anterior desde de ja lhe agradeço bjs lena

  8. admin  •   23:34

    Lena,
    Vou fazer um post sobre quartos de meninas nessa cores em breve..
    beijos

  9. Gislaine  •   11:35

    Olá,
    Acho muito lindo seus trabalhos e gostaria de ajuda em um móvel antigo que quero transformar numa estante.
    Gislaine

  10. tereza  •   10:01

    Ola! que que peças lindas! adorei. vou fazer em um guarda roupa antiguinho.Obrigada!

  11. LAURA  •   17:01

    muito boa sua explicação , eu achava que era um bicho de sete cabeças , mas foi muito facil, obrigada.

  12. simone  •   12:44

    amei…simplesmente è tudo maravilhoso vou tentar fazer em casa….

  13. Diana Mariano Costa  •   20:32

    Oi!
    Meu nome é Diana. Adorei o seu trabalho e gostaria de saber qual a cor usada na pintura da cristaleira da segunda foto.Um abraço e parabéns pelo seu trabalho!

Postar um Comentário

Spam Protection by WP-SpamFree